Respeito às diferenças

landscapes-nature-cow-cows-animal-farm-animals-zoo-funny_1443412

Vaquinhas fazendo o que bem entendem 🙂

Na semana passada, eu comecei uma dieta vegetariana. Apesar de ser uma decisão que eu já tinha tomado há muito tempo eu acabei demorando um pouco para realmente chegar a mudar de alimentação. Junto com essas mudanças, muitas perguntas de terceiros surgiram e isso começou a incomodar um pouco.

As mais comuns são até bem educadas, como: qual a razão de você ser vegetariana? Então aí vai a resposta: virei ovo lacto vegetariana porque eu amo os animais e pelo meio ambiente. Vamos por partes. Eu sempre amei animais, mesmo tendo medo de alguns entendo a razão de todos eles existirem e não acho legal utilizar de crueldades pra prover a minha subsistência, já que ela pode ser substituída por outras coisas. Embora existam muitas pessoas que digam que nem todo lugar é cruel, maus tratos existem sim. Mas por que eu continuo comendo derivados feitos a partir de produtos dos animais como leite e ovo? Acredito que isso é parte de uma mudança maior que pode ocorrer mais para frente mas ainda não vejo como posso fazer isso da melhor maneira possível.

A minha segunda e principal razão é o meio ambiente. Estima-se que a população de bovinos e outros ruminantes seja responsável por 90% da liberação do gás metano só no Brasil. No resto do mundo o número cai para 28%. Mas antes que você pense que matar vacas e outros animais que contribuem para os gases do efeito estufa vai solucionar o problema do planeta, vamos com calma! A população de bovinos é alta porque a população mundial é composta de maioria expressiva de carnívoros. Logo, se há uma demanda grande você tem que fazer novas vaquinhas e boizinhos nascerem. Assim, se você diminui a demanda, não há uma necessidade tão grande de criar novos bovinos. Capiche?

Recentemente eu assisti esse vídeo em inglês que diz que uma dieta essencialmente vegetariana poderia segurar o aumento do efeito estufa. Eles mostraram algumas formas práticas pra que você entenda como funcionar o gasto de água empenhado a produção de diferentes grupos alimentares. Gastamos 15 mil litros de água pra fazer um quilo de carne bovina – isso mesmo, SÓ UM QUILO. Na agricultura gastamos entre 1.600 litros para produzir uma colheita inteira de cereais e 300 litros para hortaliças. A quantidade de água gasta pode ser equivalente, mas produzimos muito mais na agricultura gastando a mesma quantidade de água. Além disso, a dieta vegetariana permite que você produza menos lixo, já que esses alimentos são vendidos fora de embalagens. E esse meu objetivo de vida.

O que eu acredito é que os animais não podem simplesmente ser deixados para lá só porque vamos parar de consumir suas carnes, ou até seus derivados quem-sabe-um-dia-no-futuro. Eles são essenciais para manter determinados ecossistemas, já que cada um tem seu papel no meio ambiente, como eu disse lá no início do texto e também é explicado no mesmo vídeo.

Precisamos repensar nosso consumo por uma questão de saúde também. É necessário repensar a forma que produzimos nosso alimento vindo do solo, cuidar com carinho e não por obrigação ou dinheiro, e utilizar os animais como auxílio para plantação e não para servidão. Assim, reduzimos o efeito estufa, ajudamos os animais e a nós mesmos protegendo o planeta.

Não quero ficar me alongando demais sobre o assunto porque realmente é algo a ser estudado e eu, de maneira alguma me acho especialista no assunto para falar alguma coisa. A questão é que embora já existam muitas pessoas envolvidas com vegetarianismo e veganismo, ainda existe muito preconceito sobre esse modo de vida. Os leigos creem que pessoas adeptas desse modelo de alimentação sofrem de anemia, não conseguem regular bem do cérebro e são todas loucas que ficam gritando por aí que você não deve consumir carne.

Eu sou do grupo que apenas quer respeitar e ser respeitado. Eu respeito que existam pessoas carnívoras e não condeno eles. Acredito que mudar de alimentação tem que vir de dentro das pessoas e não por obrigação de fazer isso. Respeito ainda o grupo de pessoas que se declaram vegetarianos mas comem carne em momentos especiais apenas pelo símbolo do animal como ser sagrado. E espero ser respeitada por ter tomado a decisão de ser vegetariana também.

Li recentemente uma frase que aqui cabe muito bem: Encoraje, mas não pregue. Inspire, mas não julgue. A pior de todas as coisas é você pensar que só porque o seu modo de vida funciona muito bem para você, ele deve obrigatóriamente ser seguido por outros e que é a melhor visão de mundo que todos devem ter. Dou graças pela existência de pessoas que pensam diferente de mim, porque assim, elas me instigam a ver o outro lado que eu ainda não pude enxergar com o meu próprio pensamento.

E vocês? O que pensam sobre vegetarianismo? Tem algum vegetariano por aí? Compartilhem suas visões.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s