NASA descobre 7 planetas parecidos com a Terra…O que há de errado com isso?

entorno_de_estrelas_binarias_propicio_a_planetas_com_vida_h__2013-03-13123109

Estrela binária

Já faz um tempo que veio ao mundo a notícia de que a NASA descobriu sete planetas que tem características parecidas com a da Terra. Os planetas em questão estão localizados em torno de uma estrela anã de nome Trappist-1 e três desses sete parecem ser os mais habitáveis. Um dos aspectos mais importantes que os cientistas sempre procuram em planetas desse tipo é a presença de água já que ela é o atributo que dá origem à diferentes formas de vida como conhecemos.

Tendo todas essas informações, os pesquisadores já estão procurando fazer pesquisas nesses planetas para descobrir se de fato podemos nos mudar para lá em breve. O que? Se mudar para um novo planeta? O que há de errado com isso?

Só tudo! Por que iríramos querer nos mudar para outro planeta? Porque a Terra está morrendo aos poucos. Por que ela está morrendo? Por influência nossa! Então por que cargas d’água eu não invisto em simplesmente prevenir a morte do meu planeta ao invés de me enfiar em uma cápsula que me vende o sonho de que a vida em outro planeta será melhor do que a daqui?

O grande problema do plano B é sempre pensar no plano B e simplesmente deixar de encarar as dificuldades do plano A. O objetivo do plano A é fazer o possível para que possamos tornar a Terra um lugar sustentável para se viver. É repensar a forma como descartamos as nossas coisas e não produzir novas coisas que sejam simplesmente desprezadas como se fossem sumir de uma hora para a outra.

Não estou defendendo que não devemos fazer experiências planetárias para descobrir outros lares. Acredito que a pesquisa científica em todos os aspectos é nossa maior realização. Mas o fato de criar novas coisas mas sem originar novas soluções para o rumo de bens que adquirimos, apenas reforça a minha ideia de que só vamos mudar o lugar do nosso lixo e não mudar nossos hábitos poluidores.

De que adianta ter um novo lar sem mudar de vida? Deixe a resposta nos comentários.